Header Ads

Ipem Rondônia fecha mês de agosto com mais de mil ações de fiscalizações e verificações


O Governo de Rondônia, por meio do Instituto de Pesos e Medidas de Rondônia (Ipem), fez um balanço das fiscalizações realizadas no Estado no período de 1º a 31 de agosto. De acordo com o levantamento, 21 balanças comerciais, 15 bombas medidoras de combustível e sete impressoras de etiquetas de preços apresentaram irregularidades durante a ação do órgão.

A atividade do Ipem tem o intuito de coibir que o consumidor seja lesado no ato da compra de determinadas mercadorias em estabelecimentos comerciais, além de postos de combustível. Nessas ações, a cidade de Porto Velho aparece em primeiro lugar com nove bombas medidoras reprovadas, seguido por Chupinguaia com três irregularidades; além de Cacoal, Nova Brasilândia d’Oeste e Novo Horizonte do Oeste, ambas com uma reprovação cada. A maior incidência foi a má conservação de bombas de combustível. Dentre os problemas encontrados estão: a má conservação da bomba, com LED queimado além de mangueiras quebradas.

Nas ações em balanças comerciais, foram constatadas quatro infrações nos municípios de Alvorada d’Oeste e Presidente Médici. Também foram encontradas três irregularidades em São Miguel do Guaporé. Na atividade foram registradas duas reprovações nos municípios de Machadinho d’Oeste, São Francisco do Guaporé e Vale do Anari. Foram pontuadas falhas em Guajará-Mirim, Nova Brasilândia d’Oeste, Porto Velho e Seringueiras, ambas com uma.

Já os problemas encontrados em impressoras de etiquetas de preços ocorreram no Vale do Anari com duas irregularidades, além de Porto Velho e São Francisco do Guaporé, ambas com uma.

“Temos que parabenizar o trabalho realizado pelas equipes de fiscalização ao longo do ano que estão apresentando números expressivos, buscando com que se cumpram as normas do Instituto de Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), garantindo maior segurança ao consumidor e também por uma concorrência mais justa entre as empresas”, ressaltou o presidente do Ipem, Aziz Rahal Neto.

No período de 1º a 31 de agosto foram realizadas 1120 verificações em todo Estado com 43 reprovações em instrumentos em 20 municípios, dentre eles: Alvorada do Oeste, Cacoal, Candeias do Jamari, Chupinguaia, Guajará-Mirim, Ji-Paraná, Machadinho d’Oeste, Ministro Andreazza, Nova Brasilândia d’Oeste, Novo Horizonte do Oeste, Pimenta Bueno, Porto Velho, Presidente Médici Rolim de Moura, Santa Luzia d’Oeste, São Francisco do Guaporé, São Miguel do Guaporé, Seringueiras, Theobroma e Vale do Anari.

“Fechamos mais um mês em crescimento no número de fiscalizações, percorrendo todo o Estado para assegurar o direito do consumidor, pois a presença do selo atualizado atesta que as balanças e bombas de combustíveis estão seguindo todos os regulamentos do Inmetro”, frisou o metrologista do Ipem, Thiago de Lima.

As fiscalizações do Instituto cumprem todos os requisitos de segurança contra a covid-19, com as equipes mantendo o distanciamento necessário, utilizando máscaras faciais e álcool gel. O consumidor que encontrar, ou suspeitar de alguma irregularidade, pode informar à Ouvidoria do Ipem, pelo e-mail ouvidor@ipem.ro.gov.br ou pelo telefone 0800 647 7277.


Texto: Alexandre Almeida
Fotos: Alexandre Almeida
Secom - Governo de Rondônia

Nenhum comentário