Header Ads

Representantes da Opas visitam Rondônia para conhecer experiência e boas práticas contra a covid


Com o objetivo de visitar unidades hospitalares de Porto Velho e Ariquemes, além de desenvolver troca de experiência com histórias e desafios que foram vencidos pelo Estado durante a pandemia, o Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), recebeu, na segunda-feira (2), a equipe da Organização Pan-Americana (Opas).

Durante uma semana, especialistas da Opas, juntamente com representantes do Ministério da Saúde em Rondônia, Conselho Nacional de Secretários da Saúde (Conass) e Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), realizarão visitas técnicas aos hospitais da Capital rondoniense e de Ariquemes para acompanhar o trabalho que vem sendo realizado no Estado voltado ao controle da pandemia.

No encontro, a Sesau e demais representantes realizaram uma breve apresentação e falaram sobre temas que serão discutidos durante a semana, entre eles: assistência aos hospitais; vigilância à covid; diagnóstico laboratorial e a imunização da população no Estado. Assuntos fundamentais para apontar estratégias e fortalecer o sistema.

O secretário da Sesau, Fernando Máximo, salientou que “nesse momento de guerra que estamos enfrentando em decorrência da pandemia, a Opas tem sido de extrema importância para a Secretaria de Saúde. Essas visitas técnicas, além de fortalecer as unidades hospitalares, podem aprimorar mais os trabalhos realizados”.

Para o consultor nacional da Opas, Rodrigo Stabile, o intuito é visitar os locais de serviço de saúde e desenvolver uma troca de experiência com histórias e desafios que foram vencidos em Rondônia. “Os técnicos do Ministério da Saúde contribuirão para fortalecer as práticas que as unidades hospitalares estão realizando ao enfrentamento do coronavírus”.

Após as visitas aos locais, a equipe revisará os achados identificados para fazer um relatório final e apresentar à Sesau e à Secretaria Municipal de Saúde de Ariquemes para apontar os pontos positivos e negativos encontrados.


Texto: Sarah Silva e Ludmary Nascimento
Fotos: Sarah Silva
Secom - Governo de Rondônia

Nenhum comentário