Header Ads

Governo de Rondônia cria Plano de Aceleração da Vacinação para destacar importância da segunda dose contra a covid-19


Para incentivar os rondonienses a concluírem a imunização contra a covid-19, o Governo do Estado, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), lançou o Plano de Aceleração de Vacinação neste mês de agosto. O objetivo é conscientizar a população, por meio de ações estratégicas de comunicação, sobre a importância da segunda dose da vacina.

No Estado são utilizados quatro tipos de imunizantes entregues pelo Governo Federal, por meio do Ministério da Saúde. Três deles com aplicação em duas doses: CoronaVac, AstraZeneca e Pfizer. Enquanto que a Janssen é dose única. O Plano foi acionado, segundo o diretor geral da Agevisa, Gilvander Gregório de Lima, devido à necessidade de incentivar a população a completar o ciclo de proteção.

‘‘A campanha foi planejada devido nossos indicadores apontarem que a 1ª dose da vacina contra a covid-19 teve uma grande procura, porém houve um desestímulo da população em busca da segunda dose para completar a imunização. Uma diferença em torno de 85% [1ª dose] para 15% [2ª dose]. Então, estamos buscando, por meio desta iniciativa, o equilíbrio’’, afirma o diretor.

Segundo o diretor, as estratégias de comunicação com uso das redes sociais e página institucional da Agevisa são voltadas para atingir a meta de 100% da população vacinável até 31 de outubro. De acordo com o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação (PNO) contra a covid-19, o perfil vacinável é composto por pessoas com mais de 18 anos.

Em Rondônia, conforme o edição 509 do Boletim da Covid-19, 811.254 receberam a 1ª dose e 288.836, a segunda dose. Desta forma já foram aplicadas 1.100.090 doses. O Estado já recebeu 1.103.288, sendo 389.308 da CoronaVac; 540.250 da AstraZeneca; 139.230 da Pfizer e 34.500 da Janssen.


Texto: Vanessa Moura
Fotos: Daiane Mendonça/ Frank Néry
Secom - Governo de Rondônia

Nenhum comentário