Header Ads

Adolescente agora diz que estava bêbada e nega que tenha sido estuprada por motorista de aplicativo


Uma reviravolta no caso da adolescente de 17 anos, que havia denunciado durante a madrugada ter sido estuprada por um motorista de aplicativo. Após ser pressionada pelo próprio profissional a falar a verdade, a jovem foi à delegacia, negou o crime e disse que estava muito bêbada, por isso inventou a falsa comunicação. Ela agora vai responder na Justiça.

Segundo informações da Polícia, após a repercussão do caso, o motorista foi até a casa da adolescente e exigiu explicações. Ela então decidiu falar a verdade e teria até mesmo gravado mensagem em redes sociais.

Anteriormente, adolescente, de 17 anos, disse à Polícia que estava em uma casa noturna no bairro Lagoinha, decidiu ir embora e pediu para uma amiga chamar um motorista por aplicativo. Ainda de acordo com a adolescente, o homem seguia normalmente o trajeto, quando teria ido para uma rua deserta e escura. Em seguida a agarrou e a estuprou no banco traseiro do veículo.


Fonte: Rondoniagora

Nenhum comentário