Header Ads

Ação “Duas Rodas, Uma só Vida” é realizada em Cacoal, Presidente Médici e Ji-Paraná; parceria entre Detran e PM

 



Polícia Militar e agentes de trânsito checaram documentos e orientaram motociclistas

O Governo de Rondônia, por meio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e a Polícia Militar (PM) trabalham em parceria para levar segurança e orientações de trânsito em todo o Estado. Nesta quarta-feira (4) a cidade de Cacoal foi atendida com a ação “Duas Rodas, Uma só Vida”, que consiste na orientação exclusivamente de motociclistas referente ao uso de equipamentos de segurança e na verificação e obstrução de direção sem a devida Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

O diretor técnico de Fiscalização e Ações de Trânsito (Dtfat) e coordenador da Operação Lei Seca em Rondônia, Welton Roney Nunes Ribeiro, explica que nesta quinta-feira (5), no período da manhã, os agentes do Detran e os Policiais Militares do Batalhão de Trânsito estiveram atuando na cidade de Presidente Médici, e no período da tarde em Ji-Paraná.

“O número de pessoas não habilitadas conduzindo motocicletas nos municípios do interior do Estado é muito grande, esses condutores inabilitados são potenciais vítimas no trânsito e pior, podendo fazer outras vítimas também”, alertou o diretor de fiscalização.

DADOS NOS MUNICÍPIOS

O município de Cacoal registrou 635 sinistros de trânsito em 2020, teve redução de 18,17% em comparação a 2019 quando foram registrados 776 acidentes de trânsito. Em de 2020, 24 pessoas perderam a vida em acidente de trânsito na cidade de Cacoal, contra 14 mortes em 2019. “Um aumento grande de um ano para o outro e a maioria das vítimas estava conduzindo ou carona em motocicletas”, ressaltou Welton Roney.

A cidade de Presidente Médici registrou aumento no número de acidentes de trânsito, saindo de 91 sinistro com vítima em 2019 para 101 em 2020. O número de pessoas que perderam a vida de um ano para o outro também aumentou em 2019, foram seis mortes, e em 2020, sete pessoas morreram em acidentes de trânsito.

Dados da Coordenadoria de Registros de Estatística e Acidentes de Trânsito (Renaest) do Detran do Anuário de 2020 registrou redução de 21,38% no número de sinistro de trânsito em 2020 se comparado a 2019, caindo de 14.080 para 11.380, entretanto o número de mortes teve um aumento considerável se comparado de um ano para o outro, sendo 378 em 2019, e 417 mortes em 2020.

O comandante da equipe de Policiais Militares do Batalhão de Trânsito, tenente PM Antônio Garibalde, disse que os motociclistas e os passageiros são as maiores vítimas. Em 2020 foram registrados 11.380 acidentes, sendo que 8.607 tiveram envolvimento de motociclistas; 7.346 condutores e 1.261 passageiros. A falta de respeito aos preceitos do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), excesso de velocidade e avanço ao semáforo são as principais causas de acidentes no Estado.

“É comprovado que aproximadamente 90% dos acidentes ocorrem por falha humana”, destacou o tenente Garibalde.

Ji-Paraná registrou redução de 12,51% de acidentes de trânsito se comparado 2019 a 2020, caindo de 927 para 811 acidentes. O número de mortes também reduziu no mesmo período, saindo de 34 em 2019 para 23 em 2020.


Fonte
Texto: Eleni Caetano
Fotos: Eleni Caetano

Secom - Governo de Rondônia 

Nenhum comentário