Header Ads

Rondônia recebe mais um lote com 19.890 doses de vacinas do Ministério da Saúde contra a covid-19


O Governo de Rondônia, por meio da Agencia Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), recebeu na sede da Rede Estadual de Frio, em Porto Velho, 19.890 doses da vacina Pfizer, destinadas para atender com a primeira dose os funcionários do sistema de privação de liberdade e a população privada de liberdade; também das forças de segurança e salvamento e forças armadas, e pessoas de 59 a 55 anos, conforme previsto no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação (PNO).

O coordenador estadual de imunização, Ivo Barbosa, ressaltou durante coletiva de imprensa que algumas prefeituras “estão atendendo o público geral com idade inferior a estipulada na pauta devido uma flexibilização oportunizada por meio de Nota Técnica emitida pelo Ministério da Saúde (MS) e em conformidade com o PNO”.

Com essa remessa o Executivo Estadual soma 895.998 doses de vacinas contra a covid-19 recebidas pelo Ministério da Saúde (MS) sendo 366.708 da CoronaVac, 422.450 da AstraZeneca, 95.940 da Pfizer e 10.900 da Janssen.

QUANTITATIVO DE DOSES

O diretor executivo da Agevisa, Edilson Silva, informou que aguarda ainda o documento do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Rondônia (Cosems) que decidiu, durante a última reunião extraordinária da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), a mudança de cálculo para distribuição das doses. “Os secretários municipais solicitaram que a distribuição seja feita de acordo com a população, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e não mais por público alvo. Essa mudança será estabelecida assim que o documento [ofício] chegue a Agevisa, assim também vamos poder dar continuidade à distribuição da vacina contra a doença no Estado”.

DISTRIBUIÇÃO

Na quarta-feira (30), Rondônia recebeu 20 mil doses da vacina AstraZeneca; hoje (1º) recebeu as 19.890 doses de Pfizer; e para sexta-feira (2) há previsão para chegada de mais 23.600 doses da Janssen. Dessa forma a equipe da Agevisa pretende organizar a distribuição das vacinas para o final de semana. “O objetivo é levar todos os imunizantes utilizando a mesma logística de distribuição para às Regionais, tendo em vista que as remessas chegaram com prazo de 24 horas entre uma e a outra. A metodologia ajudará a reduzir os custos para a entrega das vacinas, tanto para o Estado quanto para o município”, finalizou Ivo Barbosa.


Texto: Aurimar Lima
Fotos: Daiane Mendonça
Secom - Governo de Rondônia

Nenhum comentário