Header Ads

Motorista de caminhonete é baleado, dirige até delegacia e presta 'depoimento' antes de morrer


Um homem de 38 anos, identificado pelas iniciais [V. de P.], morreu após ser atingido por quatro tiros de arma de fogo, sendo três nas costas e um no pescoço, enquanto transitava em uma via de Cujubim (RO), no Vale do Jamari, a cerca de 150 quilômetros de Porto Velho. Mesmo ferido, o motorista se deslocou à Unisp do município e prestou 'depoimento' antes de morrer.

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima chegou na delegacia na última quarta-feira (30) com sangramento pelo corpo, causado por disparos de arma de fogo.

Os policiais de plantão na Unisp imediatamente acionaram o Samu e, enquanto aguardavam pela equipe médica, a vítima contou como foi o ataque contra ele.

Segundo o motorista, ele estava dentro da caminhonete quando dois homens, em uma motocicleta, se aproximaram e atiraram nele. Aos policiais, Vanderlei disse não saber quem são os suspeitos e apenas viu a arma, provavelmente um revólver calibre 38.

Em depoimento, a vítima ainda disse não ter recebido ameaças de morte anteriormente, por isso não saberia indicar o nome de quem quis matá-lo, porém revelou ser parente de uma outra vítima de homicídio. Vanderlei ainda falou que costumava emprestar dinheiro com juros e não tinha inimizades.

Quando a equipe do Samu chegou na Unisp do município, os médicos prestaram os primeiros-socorros e então levaram o motorista ao Hospital Municipal de Cujubim, porém ele não resistiu aos ferimentos.


Fonte: G1 RO
Foto: Portal P1

Nenhum comentário