Header Ads

Dependente químico foge de clínica e relata agressões


Dois funcionários de uma clínica de reabilitação foram encaminhados para a Central de Polícia na noite desta segunda-feira (5), após a fuga de um dos internos, que alegou sofrer agressões no local.

Segundo boletim de ocorrência, um homem que reside ao lado da clínica acionou a PM após a fuga de um dos internos. Segundo o denunciante, o paciente, de 24 anos, havia sido agredido. Os policiais seguiram ao local e conversaram com o monitor. Ao ser questionado sobre se conhecia a vítima, o funcionário negou saber de quem se tratava. Outro interno se aproximou e relatou que o homem agredido estava no “castigo”.

O monitor então levou os policiais até a sala onde os internos ficam de “castigo”, mas a vítima havia fugido pelo telhado, pedindo ajuda ao vizinho. O local é amplo, sem móveis e sem elétrica.

Enquanto os policiais conversavam com o monitor, outro interno, de 19 anos relatou aos militares que havia sido agredido com ripas, que foram encontradas no quarto dos monitores, onde também havia uma corrente, que segundo a denúncia, também era usada nas agressões.

Os policiais conversaram com algumas testemunhas que residem próximo à clínica e foram informados que é comum ouvir gritos de socorro dos internos e, inclusive, elas (testemunhas) estavam se organizando para denunciar a clínica.

Uma mulher, responsável pela clínica e que preferiu não ter a identificação revelada, informou que a vítima invadiu a enfermaria e tomou um litro de álcool e posteriormente pulou o muro, se machucando ao cair na residência do vizinho.

Foi registrada ocorrência de lesão corporal e o caso ficou para ser resolvido pelo delegado plantonista.


Fonte: Rondoniagora

Nenhum comentário