Header Ads

Presidente Alex Redano prestigia posse do novo procurador geral de justiça do Ministério Público

 



De forma virtual, deputado participou da solenidade, que incluiu a posse do novo corregedor-geral

O presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano (Republicanos), participou através de videoconferência na última sexta-feira (14), da cerimônia de posse do novo procurador-geral de justiça, Ivanildo de Oliveira, e do corregedor-geral, Cláudio Wolff Harger, que assumem os cargos no Ministério Público do Estado de Rondônia, para o biênio 2021/2023.

"É fundamental a autonomia e a independência dos poderes e instituições, mas conclamo a todos para um trabalho harmônico e em união. Temas comuns precisam ser debatidos, como a nossa previdência e o sistema penitenciário. Vamos precisar agir com muita união e coloco o poder Legislativo à disposição para contribuir com o Ministério Público", afirmou Redano.

Segundo o deputado, "temos muitos desafios, estamos em um momento único com essa crise sanitária. Temos muitos desafios no chamado pós-covid e isso gera incertezas em todos. Mas, não podemos baixar a cabeça, ao contrário, temos que seguir em frente e pensarmos juntos em soluções".

Redano também saudou o trabalho realizado pelo ex-procurador geral Aluildo Leite, pelos avanços construídos em sua gestão, junto com a sua equipe.

Foram nomeados na mesma solenidade o subprocurador geral de Justiça, Ivo Scherer; o chefe de gabinete do procurador geral, Alexandre Jésus de Queiroz Santiago e o secretário geral, Dandy de Jesus Leite Borges.

Histórico

O promotor de justiça Ivanildo de Oliveira ingressou no Ministério Público de Rondônia em 1995. Atuou como promotor de Justiça nas comarcas de Alta Floresta, Cacoal, Espigão do Oeste, Presidente Médici e da Cidadania, em Porto Velho. Foi secretário-geral do MP e exerceu o cargo de procurador geral de justiça no biênio 2009/2011. Até ser eleito para o cargo de procurador geral de justiça, estava lotado na 10ª Promotoria de Justiça de Porto Velho (Direitos Humanos; Fundações; Litígios pela posse de terra; Registros Públicos; participação na Operação Justiça Rápida).


Texto: Eranildo Costa Luna-ALE/RO

Foto: Diego Queiroz-ALE/RO

Nenhum comentário