Header Ads

Nos primeiros quatro meses de 2021, mais de 8 mil consultas e 257 cirurgias foram realizadas no Heuro em Cacoal


A pandemia ocasionada pelo coronavírus mudou a realidade das unidades hospitalares, não só em Rondônia, mas em todo o mundo. Em Cacoal, por exemplo, além da atenção voltada aos pacientes de covid-19, o Governo de Rondônia tem traçado estratégias para garantir e fortalecer a qualidade dos demais serviços oferecidos no Complexo Hospitalar Regional. No Hospital de Urgência e Emergência Regional (Heuro), os dados dos primeiros quatro meses de 2021 mostram que em meio a tantas dificuldades, o Poder Executivo tem feito a sua parte para garantir os mais diversos serviços de saúde.

De janeiro e abril deste ano, foram realizadas 8.786 consultas ambulatoriais em diversas especialidades, como ortopedia, clínica geral, neurologia, neurocirurgia, cardiologia, oncologia e oncopediatria. No mesmo período, foram realizadas no Heuro 257 cirurgias. Entre elas, 58 cirurgias ortopédicas, 33 neurocirurgias e 26 cirurgias vasculares.

A média de internação no hospital, segundo o setor de estatísticas da unidade hospitalar, chega a 500 pacientes por mês. “O Heuro é uma unidade hospitalar para atendimentos de urgência e emergência, ou seja, é um hospital para todos aqueles que necessitam de tratamento ou assistência médica imediata, principalmente em situações que envolvam risco de morte ou causem sofrimento ao paciente”, destaca o diretor do Complexo Hospitalar Regional de Cacoal, João Henrique Paulo Gomes.
Conforme explica o diretor, o Complexo Hospitalar, composto também pelo Hospital Regional de Cacoal (HRC), é uma referência em saúde para mais de 30 municípios rondonienses. “São mais de 800 mil pessoas que têm o Heuro e o HRC para atendimentos de urgência e emergência, além de tratamentos em especialidades específicas, de média e alta complexidade, respectivamente”, detalha.

O Governo de Rondônia tem buscado também ampliar a oferta de exames, promovendo uma assistência ainda mais qualificada aos pacientes. Em 2020, o Heuro contabilizou 11.802 exames de radiografia, 1.596 eletrocardiogramas e 25.128 exames laboratoriais. Diante desta demanda, nos últimos dias estão sendo instalados no Hospital Regional de Cacoal um aparelho de radiodiagnóstico fixo e um mamógrafo que vão atender a demanda dos dois hospitais, além de outro aparelho de radiodiagnóstico fixo no Heuro.

Com qualidade digital, os aparelhos vão garantir agilidade e economicidade nos exames de diagnóstico por imagem realizados pelo Complexo Hospitalar Regional de Cacoal. “Diversos investimentos são feitos constantemente pelo Executivo Estadual, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), para reforçar os serviços em saúde oferecidos pelo Estado, tanto no HRC quanto no Heuro em Cacoal. “O Governo tem dado toda a atenção aos pacientes com covid-19, mas sem deixar de lado os outros serviços em saúde que não podem faltar à população. Essa é uma recomendação direta do governador Marcos Rocha”, ressaltou o secretário regional do Governo, José Moura.


Texto: Giliane Perin
Fotos: Giliane Perin e Danylly Westphal
Secom - Governo de Rondônia

Nenhum comentário