Header Ads

Deputado Jair Montes é contra vigilância eletrônica e defende postos de vigilância permanentemente nas escolas


O deputado estadual Jair Montes (Avante) em reunião com o Sindicato dos vigilantes do Estado de Rondônia (Sintevs-Ro) e o vereador Paulo Tico discutiram alguns itens que fazem parte do pregão eletrônico que será aberto no 7 de junho . A licitação através de pregão eletrônico, menor preço por lote, para contratação de Empresa especializada para a Prestação de Serviço de Vigilância Patrimonial Ostensiva, armada e desarmada, com cessão de mão de obra, equipamentos e insumos necessários, com vistas a atender à necessidade das Unidades Educacionais da Rede Pública Estadual especificadas no por um período de (06) seis meses.

“ Estou contestando veementemente esse prazo de 06 meses válidos para contratação porque depois disso podem voltar apenas com a fiscalização eletrônica correndo risco de despensa dos vigilantes já que há um outro processo ordinário em tramitação. Eu não vou admitir isso de forma de nenhuma e já estou em diálogo com o secretário da Seduc e Governador. Não podemos retornar com os empregos e de repente correr o risco de voltar a ficar como agora. ” Defendeu Jair Montes.

De acordo com um dos representantes do Sindicato presente na reunião atualmente nas escolas da Secretaria Estadual de Educação (Seduc) estão em atuação 130 vigilantes.

Até o fechamento dessa matéria a equipe não conseguiu contato com o titular da Seduc, secretário secretário Suamy Vivecananda.

Pelo edital atual serão 18 escolas estaduais atendidas em todo o estado com a contratação por 6 meses de 238 vigilantes.


Texto e foto: Assessoria

Nenhum comentário