Header Ads

Novas cascalheiras são regularizadas para atender obras nas rodovias não pavimentadas na Zona da Mata

 


O Governo de Rondônia, por meio do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem e Transportes (DER), busca fomentar o desenvolvimento do Estado, trabalhando sempre dentro da legalidade e com planejamento, para atender todas as rodovias pavimentadas e não pavimentadas.

“Os trâmites burocráticos, muitas vezes acabam dificultando o andamento dos serviços, principalmente quando se fala na extração de substâncias minerais de uso imediato na construção civil, como cascalho e argila. O DER possui uma equipe pronta para regularizar essas áreas para que possam fornecer essas matérias-primas. Tudo isso só é possível graças as parcerias com os produtores rurais”, destacou o diretor-geral do DER, Elias Rezende.

Nessa semana as assessoras técnicas do DER, as geólogas Suelen Moraima Correa de Lucena e Nayara Caroline Soares Duailibe, acompanhadas da assessora técnica do DER da 5ª Residência Regional, a engenheira civil Lilian Lopes Olive, mapearam áreas de interesse, que possam servir de matéria-prima com qualidade na execução de obras, como base e sub-base de estradas e revestimento primário nas rodovias da região da zona da mata.

“A equipe de Geologia da Gerência Ambiental do DER visita o local para a regularização desses pontos, que incluem a seleção de áreas legalmente habilitadas, evitando desmatamento e garantindo o monitoramento ambiental e recuperação da área após a extração. Estamos seguindo a determinação e orientação do governador, coronel Marcos Rocha e do vice-governador José Jodan, para que todos os serviços sejam executados dentro da legalidade e com material de qualidade”, pontuou Elias Rezende.

De acordo com a geóloga, Suelen Moraima, a regularização das cascalheiras beneficiará a manutenção das rodovias estaduais nos municípios de Rolim de Moura, Santa Luzia d’Oeste, Alta Floresta d’Oeste, Alto Alegre dos Parecis e adjacências. “Além das rodovias não pavimentadas, o cascalho também atenderá a obra da construção de 15 quilômetros da ciclovia na RO-479 no município de Rolim de Moura”, finalizou.

A engenheira civil da 5ª Regional do DER, Lilian Lopes, explica que a região da Zona da Mata possui mais de 500 quilômetros de vias não pavimentadas. “Essas rodovias utilizam muito cascalho para o revestimento primário, o que garante uma melhor trafegabilidade no período de estiagem e evita atoleiros no período do inverno amazônico”, enfatizou.


Texto: Ricardo Barros
Fotos: Ricardo Barros
Secom - Governo de Rondônia

Nenhum comentário