Header Ads

Alunos do Cone Sul de Rondônia conquistam premiação na 10ª Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente



O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), é reconhecido nacionalmente por incentivar temas de Educação Ambiental na Rede Pública de Ensino. A prova disso está no trabalho desenvolvido por alunos dos 8º e 9º anos do ensino fundamental da Escola Estadual de Ensino Integral Deputado Genival Nunes, de Vilhena que se destacaram na 10ª edição da Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), com o projeto de recuperação de terrenos baldios e plantio de verduras, legumes e frutas.

O projeto foi coordenado pelo professor de Ciências e Educação Ambiental, Gilson Ortiz, que trouxe um novo olhar para os terrenos baldios localizados no bairro e em torno da unidade escolar. O professor conta que as atividades começaram no final de 2019, e dada continuidade logo após o recesso escolar, em 2020. Porém, com a pandemia do coronavírus, o projeto foi interrompido e aguarda o retorno das aulas presenciais para que os alunos voltem a colocar em prática as ações.


Aulas de Educação Ambiental aconteciam além dos muros da escola

Trabalhando a Educação Ambiental além dos muros da escola, os alunos tinham como meta realizar a limpeza dos terrenos baldios e logo após, fazer o cultivo de hortaliças e frutas. Durante a execução, os alunos limpavam os terrenos e ao mesmo tempo viam a importância de manter os espaços limpos, evitando a proliferação de mosquitos como o Aedes aegypti e outros animais peçonhentos.

Após preparar o solo, os estudantes iniciariam o cultivo e cuidados necessários para a produção de alimentos, que ficariam à disposição da vizinhança, atendendo também as famílias dos alunos. Avaliando a repercussão do projeto e o interesse dos estudantes, o professor Gilson inscreveu o projeto na 10ª edição da Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente da Fiocruz, sendo selecionado como Destaque da Regional Norte, na categoria ensino fundamental, modalidade projeto de Ciências.

Para surpresa de todos, mesmo tendo o projeto interrompido pela pandemia, a escola foi selecionada pela organização de Destaques Regionais garantindo a premiação.

A cerimônia de premiação acontecerá, on-line, com transmissão pelo canal da Fiocruz , no próximo dia 22 de abril, em que os envolvidos no projeto serão parabenizados pela excelência pedagógica e dedicação à educação básica no país e ainda vão receber troféus e medalhas pelo desempenho e dedicação.

“Estamos ansiosos para o retorno das aulas presenciais. Quando tudo isso acabar, vamos realizar o replantio dos cultivos ao redor da escola, para que a comunidade possa ter acesso a mais alimentos e também será uma forma de controle para que o terreno não retorne à situação de abandono que se encontrava antes do projeto; e assim diminuir os riscos de proliferação de mosquitos transmissores da Dengue, Zika, Chicungunya, animais peçonhentos, como também, prevenir o acúmulo de lixo nos locais”, finalizou o professor.

Para a Coordenadoria Regional de Educação (CRE) de Vilhena, todo apoio e incentivo dedicado ao setor educacional do Estado, pelo governador, coronel Marcos Rocha, vem trazendo resultados positivos, tendo como exemplo essa ação, em que Rondônia passa a ser reconhecido nacionalmente por trabalhar e apoiar temas de Educação Ambiental.
Leia Mais


Educadores e técnicos pedagógicos dos sistemas Prisional e Socioeducativo participam de formação on-line

Estudantes de Rondônia são destaque no Enem 2020 com notas acima de 900 pontos

Biblioteca virtual criada por professora da rede estadual incentiva leitura aos estudantes de Colorado do Oeste

Estudante de Rondônia leu mais de 60 livros durante a pandemia

Governo de Rondônia destina materiais didáticos e tecnológicos a escolas estaduais do Cone SulTodas as Notícias


Fonte
Texto: Jesica Labajos
Fotos: Jesica Labajos
Secom - Governo de Rondônia

Nenhum comentário