Header Ads

Governo de Rondônia reforça com o Ministério da Saúde fornecimento de insumos hospitalares e mais vacinas

 


O Governo de Rondônia tem agido com rapidez junto ao Ministério da Saúde para garantir a aquisição de insumos hospitalares, oxigênio medicinal e mais remessas de vacinas contra a Covid-19, visando reforçar a imunização da população rondoniense. Todas essas ações foram pautas de reuniões que o governador do Estado, coronel Marcos Rocha, manteve com o presidente da República, Jair Bolsonaro e o novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. O chefe do Executivo Estadual deste a última semana tem cumpriu uma extensa agenda de trabalho em Brasília (DF), para estreitar, ainda mais, os laços com o Governo Federal.

As reuniões mantidas pelo governador Marcos Rocha, que esteve acompanhado do secretário-chefe da Casa Civil, Júnior Gonçalves, têm garantido ao Estado de Rondônia, por exemplo, a chegada de remessas de oxigênio enviadas pelo Ministério da Saúde. Todo o carregamento foi transportado por uma avião de carga da Força Aérea Brasileira (FAb) e após entregue ao Governo, foi providenciado o transporte às unidades de saúde dos municípios do Estado.

O Ministério da Saúde já enviou aos estados brasileiros mil cilindros de oxigênio medicinal para auxiliar no tratamento de pacientes graves de Covid-19. A ação faz parte do “Plano Oxigênio Brasil”, que tem por objetivo dar suporte aos gestores estaduais e municipais no enfrentamento à pandemia. Para Rondônia, foram enviadas duas remessas de oxigênio, contendo 180, cada. Na soma, o Estado recebeu 360 cilindros, além dos três isotanques que também chegaram ao Estado para abastecer as unidades hospitalares dos municípios.

Após a reunião com o ministro Marcelo Queiroga, o governador lançou em suas redes sociais o resumo da pauta debatida. “Estamos trabalhando unidos para acelerar a vacinação em Rondônia. Em reunião com o novo ministro da Saúde, trabalhamos para garantir mais vacinas (com entrega imediata), fornecimento de insumos hospitalares e oxigênio para os hospitais municipais. O Ministro garantiu dobrar a atenção aos rondonienses no Plano Nacional de Imunização”, disse o governador desejando ao ministro uma gestão próspera e que consiga ajudar ao máximo os brasileiros.

O ministro Marcelo Queiroga deixou a mensagem fortalecendo a união para vencer as dificuldades sanitárias causadas pela pandemia do coronavírus. “Iremos priorizar as ações e já contactamos as Secretarias do Ministério da Saúde para analisar tecnicamente as demandas para que possamos atender a população de Rondônia”, disse o ministro.

Em agenda exclusive com o presidente da República, Jair Bolsonaro, o governador Marcos Rocha deixou claro o diálogo que sempre tem mantido com o Governo Federal. O presidente enalteceu todo o trabalho desenvolvido pelo Governo de Rondônia anunciando que: “a visita do governador Marcos Rocha foi tranquila e destacou Rondônia por ser um Estado que praticamente não fechou nada e não destruiu sua economia e está vencendo essa pandemia que atingiu o mundo todo”, disse o presidente e de imediato ouviu do próprio governador, que juntos irão vencer a pandemia e o Governo do Estado irá fazer Rondônia ajudar o país a se desenvolver cada vez mais.

Desde a primeira remessa de vacina enviada pelo Ministério da Saúde, Rondônia já recebeu 213.608 mil doses de vacinas contra a Covid-19. Na última remessa, efetuada sábado (27), o Ministério enviou a Rondônia 19.2 mil doses são da CoronaVac e 4.2 mil da AstraZeneca, totalizando 23.400 doses de imunizantes.

Marcos Rocha destacou ser fundamental que todos possam agir unidos e sem politicagem. “É momento de focar em decisões produtivas. Vamos apoiar o Governo Federal para que tenhamos ações rápidas e consigamos vencer essa pandemia. Vencer como nação. Agora, as vacinas chegarão com mais velocidade e teremos, ainda, a compra de 1 milhão de imunizantes da Sputnik V. Aquisição do Governo do Estado para reforçar o plano nacional de vacinação”, finalizou o governador.


Texto: Paulo Ricardo Leal
Fotos: Frank Néry
Secom - Governo de Rondônia

Nenhum comentário